sábado, 2 de abril de 2016

Um dia incrível



  Hoje fiz algo incrível! Talvez pareça bobo e muito simples para você que está lendo esse post, mas para mim foi realmente demais!
  Já faz um tempo que eu tenho evitado fazer coisas em que eu precise sair de casa, da minha "bolha segura"... mas isso se deve ao medo que de repente me apareceu e que involuntariamente fui cultivando e o deixando me dominar. Numa consulta ao médio, foi levantada a hipótese de um transtorno de ansiedade, mas na verdade, era uma Síndrome do Pânico a caminho. Fui ver um psicólogo, mas depois da primeira sessão eu simplesmente fugi ( queridos leitores, NÃO FAÇAM ISSO!). Mas enfim, esse parágrafo foi só para justificar o meu medo de fazer determinadas coisas, ainda que sejam as mais simples. 
  Bom, sobre ter feito algo incrível... meu esposo queria muito uma bicicleta (no caso, duas, haha!), mas sempre que ele tocava no assunto eu fazia bico e listava mil motivos para que a gente não saísse andando de bike por aí (imagina o perigo, Deus me livre!). Pois bem, depois de muita conversa e de perceber que eu estava boicotando a tranquilidade e segurança dele, concordei em adquiri-las! É claro que elas ficaram alguns dias paradinhas até que eu tomasse coragem para sair ao menos na calçada de casa, e... eu saí! E não foi só na calçada não! Até atravessamos uma avenida (que loucura)! Fomos pedalar dentro de uma universidade pública que fica pertinho de casa. Essa universidade é rodeada por árvores e tem um espaço enorme para caminhar, correr, pedalar, patinar etc. E foi tão, tão, tão bom! Pedalamos por cerca de uma hora e meia... sentimos o vento bater, o corpo acordar, liberamos endorfina (hormônio produzido pelo nosso cérebro e que nos dá a sensação de prazer, alívio, alegria...) e, de bônus, vimos três bichos- preguiça! Olha só que coisa maravilhosa! Com certeza se eu estivesse "segura" em casa não teria vivido nada disso. E foi por esse motivo que decidi compartilhar essa deliciosa experiência com vocês, quem sabe você não se anime e também faça algo incrível...

                                                                                                                                                
                
                                                             
                                      Nós e as magrelas                                
                                         
             
                                                                                      O Look (haha!)

            
                                                                       
                                                                                      A universidade

            
                                                                       
                                                                                     O bicho-preguiça

8 comentários:

  1. BOA TARDE! EU SINTO ESSE MEDO QUE VC TEM. ESSA SUA HISTORIA MUITO ALEGROU MEU CORAÇAO! DEUS ABENÇOE SUA VIDA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana! Às vezes o medo nos impede de viver coisas muito boas, né? Mas eu também acredito que tudo tem seu tempo... Muito obrigada pelo seu comentário, fiquei feliz! E que Deus abençoe a sua vida também! ;)

      Excluir
  2. BOA TARDE! EU SINTO ESSE MEDO QUE VC TEM. ESSA SUA HISTORIA MUITO ALEGROU MEU CORAÇAO! DEUS ABENÇOE SUA VIDA!

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Olá, Heide! Independentemente de qualquer coisa, saiba que não há tempestade que dure para sempre, tudo passa. Sei que às vezes parece que os problemas vão nos "engolir", mas acredite, há sempre uma saída, uma solução, ainda que essa seja apenas o tempo. Tenha fé e fique com Deus! ;)

      Excluir
  4. Que lindo, Ester! Os momentos mais especiais muitas vezes são os mais simples! Seja mais leve, tenho vivido isso e tem dado muito certo. Bjo pra vc

    ResponderExcluir